CANAIS DE VENDA
(15) 98826-2617
CHAT
WHATSAPP
E-MAIL

Outubro Rosa: a Planeta apoia esta causa

Imprensa

Iniciamos um mês importante do nosso calendário que nos recorda lições valiosas de saúde e qualidade de vida. Embora nosso foco ainda esteja neste novo cenário no qual aprendemos a viver, não podemos nos esquecer de males que acometem boa parte da população e que devem ser encarados com muita seriedade e cautela.

A campanha Outubro Rosa vem para alertar às mulheres sobre a importância do autoexame e das consultas de rotina a fim de prevenir o avanço de um dos cânceres mais letais de que se tem notícia, o de mama, que acomete também aos homens, embora em um percentual muito inferior.

 

A Planeta apoia a tradicional campanha Outubro Rosa neste ano com a realização de uma série de ações. Além de campanhas internas e ações voltadas ao público externo, a construtora é parceira da Liga Sorocabana de Combate ao Câncer e patrocina mais uma edição da corrida e caminhada Pink do Bem, que neste ano será realizada de maneira presencial no dia 31 de outubro no Parque das Águas.

 

Ao longo de outubro os colaboradores da Planeta utilizarão as tradicionais fitas rosas, adquiridas da Liga Sorocabana de Combate ao Câncer, e serão conscientizados através de campanhas internas de marketing. A construtora manterá, ainda, suas fachadas iluminadas de luz rosada até o final do mês.

 

Sobre a Liga Sorocabana de Combate ao Câncer

Entidade sem fins lucrativos sediada em Sorocaba, a Liga Sorocabana de Combate ao Câncer busca com o empenho, a dedicação e o amor de seus voluntários e colaboradores dar apoio, esperança e conhecimento a todos que passam por este momento delicado de suas vidas.

Desde 1975, ano de sua fundação, a Liga Sorocabana de Combate ao Câncer reforça a importância do autoexame e do autoconhecimento das mamas, da realização de exames de mamografia e das visitas periódicas ao médico especialista, levantando sempre a bandeira da prevenção.

A Liga contribui significativamente com a melhora da qualidade de vida das vítimas de câncer e de seus familiares. Em todo mês de outubro a entidade realiza a corrida e caminhada Pink do Bem, que visa a conscientização da doença e a mobilização de voluntários e parceiros em prol desta causa.

 

Sobre o Outubro Rosa

Movimento internacional de conscientização para o controle do câncer de mama, o Outubro Rosa foi criado no início da década de 1990 pela Fundação Susan G. Komen for the Cure. A data é celebrada anualmente com o objetivo de compartilhar informações e promover a conscientização sobre a doença; proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento e contribuir para a redução da mortalidade.

 

Câncer de mama no Brasil 

Neste ano, a campanha do Inca – Instituto Nacional de Câncer pelo Outubro Rosa tem como focos principais a prevenção primária (ações para reduzir os fatores de risco) e a detecção precoce. O objetivo é fortalecer as recomendações do Ministério da Saúde para o rastreamento e o diagnóstico precoce do câncer de mama.

Segundo o Inca, o câncer de mama ocupa a primeira posição em mortalidade por câncer entre as mulheres no país, com taxa de mortalidade de 14,23 por 100 mil habitantes. As maiores taxas de incidência e de mortalidade estão nas regiões Sul e Sudeste do Brasil.

Um em cada três casos de câncer pode ser curado se for descoberto logo no início. Mas muitas pessoas, por medo ou desinformação, evitam o assunto e acabam atrasando o diagnóstico. Por isso, é preciso desfazer crenças sobre o câncer, para que a doença deixe de ser vista como uma sentença de morte ou um mal inevitável e incurável.

Alguns tipos de câncer, entre eles o de mama, apresentam sinais e sintomas em suas fases iniciais. Detectá-los precocemente traz melhores resultados no tratamento e ajuda a reduzir a mortalidade.

 

Todas as mulheres, independentemente da idade, podem conhecer seu corpo para saber o que é e o que não é normal em suas mamas. A maior parte dos cânceres de mama é descoberta pelas próprias mulheres.

A mamografia é um exame que pode ser feito de rotina (rastreamento) para identificar o câncer antes de a mulher ter sintomas. As mulheres devem ser informadas sobre os benefícios e riscos dessa prática.

 

É possível reduzir o risco de câncer de mama?

Manter o peso corporal adequado, praticar atividade física e evitar o consumo de bebidas alcoólicas ajudam a reduzir o risco de câncer de mama. A amamentação também é considerada um fator protetor e deve ser estimulada pelo maior tempo possível.

 

Quais são os sinais e sintomas do câncer de mama?

  • Caroço (nódulo) endurecido, fixo e geralmente indolor. É a principal manifestação da doença, estando presente em mais de 90% dos casos.
  • Alterações no bico do peito (mamilo).
  • Pequenos nódulos na região embaixo dos braços (axilas) ou no pescoço.
  • Saída espontânea de líquido de um dos mamilos.
  • Pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja.
  • Qualquer caroço na mama em mulheres com mais de 50 anos deve ser investigado! Em mulheres mais jovens, qualquer caroço deve ser investigado se persistir por mais de um ciclo menstrual.
Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *